Avisos

7 posts

ANS convoca operadoras para divulgar campanha que incentiva profissionais de saúde a denunciarem casos de violação de direitos humanos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está apoiando a campanha “Médico, Disque 100 + 101”, desenvolvida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA), e solicita a colaboração das operadoras de planos de saúde para disseminar a mensagem aos profissionais de saúde de suas redes de atendimento.

O canal 101 foi criado para o encaminhamento de denúncias por médicos sobre violação de direitos humanos, de forma que sejam preservados o sigilo do denunciante e a privacidade do paciente. Basta discar 100 e na sequência digitar 101.

A finalidade da iniciativa é a proteção da infância, direito social amparado pelo artigo 6º da Constituição Federal, por meio do registro de denúncia do profissional de saúde que identificar qualquer situação violadora dos direitos fundamentais da criança ou adolescente, tais como maus-tratos psicológicos, violência sexual e negligência severa.

De acordo com o Balanço Geral do Disque 100, canal oficial do MMFDH, em 2019, a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos registrou 86.837 denúncias de violações contra crianças e adolescentes (14% superior em relação a 2018). Devido ao muro do silêncio e a subnotificação, possivelmente esses números não condizem totalmente com a realidade.

Um ponto relevante a ser considerado no exame das violações contra crianças e adolescentes consiste no local de sua ocorrência. Observa-se que 52% das violações ocorreram na casa da vítima, ao passo que 20% foram praticadas na casa do suspeito. A maioria das violações é praticada por pessoas próximas ao convívio familiar – mãe, pai ou padrasto, tio(a) -, condizente à informação anterior da localidade das ocorrências das violações: casa da vítima ou suspeito.

Nesse contexto, a classe médica cada vez mais se depara com vítimas que sofreram violência dos mais variados tipos. Na realidade, o médico é frequentemente o primeiro profissional a ser procurado em casos de violência. Muitas vezes, a oportunidade de a vítima revelar uma situação de violência ocorre perante os serviços de saúde. Assim, ao ser atendida em consulta, serviços de emergência ou em hospitais públicos, a vítima apresenta relatos de violência que foi alvo, marcas de agressões, problemas psicossociais, queixas de insônia, pesadelos, lacerações ou equimoses.

Com efeito, entende-se que a oferta de mecanismos mais céleres para o encaminhamento de denúncias de violência pela classe médica constitui mecanismo hábil para garantir a integridade física e emocional das vítimas sob seus cuidados, evitando-se a continuidade de situações de violência em face das respectivas vítimas.

Ademais disso, o olhar diferenciado do médico pode se atentar a detalhes e diagnosticar situações não verbalizadas pela vítima que foi alvo da situação de violência. Assim, através do acesso de um canal de atendimento específico que pretende estabelecer, o profissional médico terá mais elementos para adoção das medidas de proteção necessárias, inclusive a formalização de denúncia.

Reajuste de 2021 aplicado aos planos de saúde individuais e familiares

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em reunião de Diretoria Colegiada no dia 08/07/2021, aprovou o índice negativo de -8,19% como percentual de reajuste a ser aplicado aos contratos planos de saúde individuais e familiares para o período de aplicação de maio de 2021 a abril de 2022. Este índice é aplicável aos planos de saúde médico-hospitalares contratados após 1º de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98.

A Samig Saúde entendendo o momento pandêmico mundial e cumprindo seu compromisso de cuidar da saúde dos seus beneficiários, promoverá a redução na mensalidade de seu plano em consonância com as melhores práticas aplicadas para o Setor.

Vale esclarecer:

  • A cobrança com o índice de reajuste reduzido é feita a partir do mês de aniversário do contrato, que é o mês em que o contrato foi firmado;
  • As parcelas relativas à recomposição dos reajustes suspensos no período de setembro a dezembro de 2020 continuam sendo aplicadas normalmente, de acordo com o parcelamento determinado pela ANS. Isto é, as parcelas da recomposição não sofrerão o reajuste de 2021.

É a Samig Saúde presente no dia-a-dia dos seus beneficiários.

Em caso de dúvidas, teremos o prazer em atende-lo através do nosso telefone: (21) 3383-9444 ou através do e-mail: cobranca@samig.com.br

Notícia importante sobre RN 309/ANS

Confira os reajustse para contratos coletivos com menos de 30 vidas

Em conformidade com o art.8 da Resolução RN 309, de 24/10/2012, da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, a SAMIG comunica que, haverá aplicação do reajuste de 13,02% para o agrupamento de contratos coletivos com menos de 30 vidas.

O percentual de reajuste é definido previamente, considerando a sinistralidade (relação despesa/receita) do ano anterior e aplicado na data base de cada contrato (aniversário de contrato), entre os meses de maio a abril do ano seguinte.

Abaixo, os percentuais de reajuste dos anos de 2016 a 2018, bem como a relação de empresas que receberão o reajuste definido para o agrupamento de contratos coletivos com menos de 30 vidas.

2019
Índice de reajuste: 8,27%
Período: Maio/2019 a Abril/2020
Clique aqui para ver a relação de empresas que receberão o reajuste.

2018
Índice de reajuste: 13,02%
Período: Maio/2018 a Abril/2019
Clique aqui para ver a relação de empresas que receberão o reajuste.

2017
Índice de reajuste: 6,78%
Período: Maio/2017 a Abril/2018
Clique aqui para ver a relação de empresas que receberão o reajuste.

2016
Índice de reajuste: 10,36%
Período: Maio/2016 a Abril/2017
Clique aqui para ver a relação de empresas que receberam o reajuste.

Dúvidas e esclarecimentos poderão ser obtidos com o Relacionamento com Empresas através dos contatos abaixo:

Telefone: (21) 3383-9444 ramal 433

E-mail: posvendapj@samig.com.br

Inauguração da Clínica Rio Ilha

Inauguração da Clínica Rio Ilha, com atendimento ambulatorial adulto e pediátrico 12 horas, por ordem
de chegada; novos horários de atendimento na unidade Babaçu aos sábados de 8:00h às 12:00h, estaremos facilitando a sua vida, com pagamento do boleto bancário por meio de cartão de crédito, nas unidades Clínica Rio Ilha situada na Estrada do Dendê, nº 563, e Clínica Rio Ilha situada na Estrada da Cacuia, nº 1037; inauguração de espaço exclusivo para marcação presencial de consultas e exames na unidade Babaçu; atendimento exclusivo para realização de endoscopia e Colonoscopia, em nossa unidade própria, na Estrada da Cacuia, nº 1037; novo modelo de carteirinha para o beneficário Samig Saúde, nova central de relacionamento com o Cliente 24 horas, pelo telefone 3383-9418.

Notícia importante sobre RN 309/ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar- ANS, através da Resolução Normativa – RN n.º 309/2012, de 24/10/2012, determinou a criação do agrupamento dos contratos coletivos de planos privados de assistência à saúde que tenham menos de 30 beneficiários, para fins de cálculo e aplicação de reajuste.

A quantidade de beneficiários vinculados ao contrato será apurada anualmente no mês de aniversário da empresa contratante. Informamos que o percentual de reajuste, no período de maio de 2016 a abril de 2017, válido para aplicação no aniversário dos contratos coletivos sujeitos ao agrupamento previsto na Resolução Normativa – RN nº 309, de 24/10/2012, é de 10,36%. Em cumprimento ao art. 8º da RN 309, informamos a seguir as empresas que fazem parte deste agrupamento.

Confira aqui o agrupamento.